sábado, 19 de maio de 2012

Relês de Nível


DESCRIÇÃO

Os Relés de Nível Inferior e Superior, são destinados a supervisão de líquidos condutores de corrente elétrica não combustíveis.
Seu contato de saída pode ser utilizado para desligar um motor, interromper circuitos ou acionar algum dispositivo de segurança ou proteção, desde que sejam respeitados os limites máximos do contato de saída.


Rele de Nível Coel

TIPOS DE RELÊS DE NÍVEL:

Relé de Nível Inferior: supervisiona e controla o nível de líquidos condutores de corrente elétrica não combustíveis em poços artesianos, reservatórios, tanques ou em locais onde se utilizam bombas
submersas.
Relé de Nível Superior: monitora e controla o nível de líquidos condutores de corrente elétrica não combustíveis em caixas d’água, reservatórios, tanques, etc.





OPERAÇÃO E FUNCIONAMENTO


RELÊ DE NÍVEL INFERIOR: O Relé permite, através de 3 eletrodos conectados às entradas ER (eletrodo referência), EI (eletrodo inferior) e ES (eletrodo superior), controlar níveis mínimo e máximo do líquido que está sendo monitorado.
Para seu correto funcionamento, os eletrodos deverão ser instalados na seguinte ordem:
• Eletrodo ES: no nível máximo a ser monitorado;
• Eletrodo EI: abaixo do nível mínimo;
• Eletrodo ER: abaixo do nível mínimo.

Quando, ao mesmo tempo, os três eletrodos estiverem em contato com líquidos de resistência menor que 100KOhms e inferior à sensibilidade ajustada, o contato de saída do relé é acionado, fechando os contatos C-NA e abrindo os contatos C-NF. A medida em que o nível do líquido diminue, o eletrodo ES não estará mais em contato com este líquido e, em seguida, o mesmo ocorrerá com o eletrodo EI. Neste momento os contatos C-NA serão abertos e os contatos C-NF serão fechados, permanecendo assim até que o líquido volte a subir e entre em contato novamente com os eletrodos EI e ES.

RELÊ DE NÍVEL SUPERIOR: O Relé permite, através de 3 eletrodos conectados às entradas ER (eletrodo referência), EI (eletrodo inferior) e ES (eletrodo superior), controlar níveis mínimo e máximo do líquido que está sendo monitorado. Para seu correto funcionamento, os eletrodos deverão ser instalados na seguinte ordem:
• Eletrodo ES: no nível máximo a ser monitorado;
• Eletrodo EI: abaixo do nível mínimo;
• Eletrodo ER: abaixo do nível mínimo.

Enquanto os eletrodos ES e EI se mantiverem afastados do líquido ou este apresentar um valor de resistência superior a sensibilidade ajustada ou acima de 100KOhms, os contatos de saída C-NA permanecerão fechados e os contatos C-NF abertos. A medida em que o nível do líquido monitorado
for aumentando, os eletrodos EI e ES entrarão em contato com o mesmo, respectivamente. Quando isto ocorrer, o contato de saída do relé será desativado, abrindo os contatos C-NA e fechando os contatos C-NF, permanecendo assim até que o líquido diminua e os eletrodos EI e ES não estejam mais em contato com o líquido.



EXEMPLOS DE APLICAÇÕES COM RELÊS DE NÍVEL:


Relê de nível operando em poço artesiano


Relê de Nível operando em caixa d'água.




Um comentário:

  1. Olá vc sabe qual é o NCM deste rele de nivel???

    ResponderExcluir